Uma vez que prevenir crises de sofreguidão?

A sofreguidão é um transtorno psicológico bastante geral nos dias de hoje. Trata-se de uma doença caracterizada por sintomas muito específicos, uma vez que pavor, desconforto, estranheza, instabilidade e mal-estar. Pessoas ansiosas estão sempre alertas, acreditando que alguma coisa ruim pode suceder a qualquer momento, com um permanente sentimento de angústia.

Entre os distúrbios comportamentais mais recorrentes, a sofreguidão é aquele que culpa mais preocupação. Existem diferentes tipos de sofreguidão, uma vez que, por exemplo, a sofreguidão patológica, que é aquela que se apresenta uma vez que doença e que interfere na vida e na rotina das pessoas e que se mostra paralisante. Os transtornos de sofreguidão mais comuns são:

  • Síndrome do pânico;
  • Fobia social;
  • Estresse pós-traumático;
  • Sofreguidão generalizada.

Veja também: Sinais que indicam que você pode ter um transtorno de sofreguidão

Esse estado psíquico está muito relacionado ao tipo de rotina que as pessoas vivem na atualidade e às pressões que são frequentes na sociedade moderna e no mercado de trabalho. O incitação recorrente à competitividade entre as pessoas e as cobranças levam ao desenvolvimento de quadros de sofreguidão.

Sintomas da sofreguidão

Os transtornos de sofreguidão são os quadros nos quais o sujeito apresenta: sofreguidão crônica e permanente, pavor paralisante, problemas para dormir, prejuízos à vida profissional, limitações nas relações sociais, irritabilidade, entre outros problemas.

A sofreguidão também pode gerar sintomas físicos, uma vez que: palpitações, falta de ar, suor excessivo, tremores, dor no peito, náuseas, tensão muscular, tonturas, boca seca, pavor de morrer, formigamentos, entre outros. Os sinais podem se manifestar em várias situações, principalmente quando a pessoa se encontra em ambientes que provoquem elevados níveis de estresse.

A sofreguidão acentuada se manifesta de forma quase irracional e precisa ser tratada com psicoterapia e medicamentos. As consultas e o seguimento com o psicólogo e o psiquiatra devem ser periódicos. O objetivo do tratamento é restabelecer a saúde mental e o estabilidade do sujeito.

Uma vez que prevenir a sofreguidão?

A sofreguidão é um problema que atinge praticamente todas as pessoas em qualquer momento da vida. É importante prevenir os fatores e gatilhos que podem desencadear crises de sofreguidão ou sofreguidão generalizada.

As principais estratégias para a prevenção da sofreguidão são:

  • Fazer sessões de Psicoterapia;
  • Fazer uma higiene mental diária;
  • Evitar pensamentos negativos;
  • Controlar o estado de sofreguidão;
  • Praticar atividades físicas com regularidade;
  • Ter uma rotina saudável, com alimento balanceada;
  • Fortalecer o sistema imunológico;
  • Incluir na rotina atividades que fomentem o bem-estar;
  • Ter boas noites de sono;
  • Praticar reflexão e Yoga;
  • Ouvir músicas relaxantes;
  • Reduzir os níveis de estresse quotidiano;
  • Aprender técnicas respiratórias de controle da sofreguidão;
  • Consumir provisões ricos em triptofano, importante precursor da serotonina, presente na banana e no chocolate;
  • Tomar chás de melissa, camomila e valeriana;
  • Passar mais tempo com a família;
  • Ter organização;
  • Destinar mais tempo aos cuidados pessoais;
  • Trabalhar a autoconfiança e o autoconhecimento.

Veja também:

Exclua o Facebook por um mês da sua vida e veja o quanto mais feliz você ficará

Você tem depressão?

Base deste teor

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *