Curiosidades sobre Airbus

A Airbus é uma grande obreiro de aviões, uma das potências mundiais, reconhecida por diversos modelos de aeronaves, em privativo pelo A330 e A380. Sua instauração aconteceu em 18 de dezembro de 1970, feita pelos visionários Roger Berteille e Henri Ziegler, resultado da união da Deutsche Aerospace, da Alemanha, e da Aerospatiale, da França.

A empresa já chamou a atenção logo no lançamento, o A300, com capacidade para até 300 passageiros e grande autonomia de voo. Oriente padrão teve o seu primeiro voo feito em 1974, de Paris para Londres.

A empresa cresceu mesmo depois o programa “fly before you buy”, feito pela empresa aérea dos EUA Eastern Airlines, que, em 1977, investiu mais de U$ 770 milhões na empresa, na compra de mais de 50 aviões.

Outro sucesso de fabricação da empresa foi o A 310, para mercados regionais e logo começou a trabalhar com aviões maiores, para grandes distâncias, com o sucesso do A340, que bateu um grande recorde quando rodou o orbe terrestre fazendo somente uma graduação no trajectória.

O grande nome responsável pelo sucesso da empresa europeia foi Noël Forgeard, que tocou a reorganização da companhia, marcada pela influência de diversos processos. Foi ele o responsável por sanar a falta de identidade empresarial e regenerar os mais de 5 idiomas “oficiais” em seus procedimentos.

Novos sucessos foram lançados pela empresa, porquê o espaçoso A340-600, com capacidade para murado de 400 passageiros, distribuídos em até 3 classes. Logo depois, veio um grande jato, o A380, o maior avião de todos os tempos, lançado em 2007.

Duas datas próximas também foram marcantes para a história da Airbus:

  • Em 2008 foi inaugurada a fábrica chinesa;
  • Em 2010 foi entregue o avião de número 6 milénio da história da Airbus.

Quantos modelos de avião a Airbus produz?

Atualmente, a Airbus fabrica 14 tipos de aviões. O nome dos aviões fabricados pela Airbus também segue um padrão interessante, sempre com a letra A e alguns números. Tudo isso tem um significado:

  • A letra “A” é usada para identificar o obreiro, a Airbus;
  • O primeiro número é usado para identificar a série do padrão;
  • O segundo número é usado para identificar quem fez o motor do avião;
  • O terceiro número é usado para identificar a versão do motor do avião.

Assim, temos, por exemplo, o padrão A320, sendo que 2 é usado para a série do resultado. Já o número 3 serve para instaurar quem produziu as turbinas, enquanto que o número 0 serve para mostrar, finalmente, a verão das turbinas.

Para montar os aviões, a empresa faz quase uma volta ao mundo com sua produção distribuída por inúmeros países, porém a montagem final é feita em Toulouse, na França, ou em Hamburgo, na Alemanha.

Para fabricar cada padrão, são necessários murado de 12 meses. Para ser mecânico de aviões da empresa, é necessário ter um treinamento específico de 4 milénio horas. Os pilotos, precisam de murado de 40 dias de formação específica em Miami, Toulouse e Pequim.

Além da fabricar modelos para aviação mercantil, a Airbus também trabalha com uma risco militar, incluindo os modelos AIRBUS A400M, Transall C-160 e Hercules C-130.

Avião Cargueiro Beluga, Airbus A300-600ST

Site solene: www.airbus.com.

A sede mundial da Airbus fica em Toulouse, na França. São murado de 50 milénio funcionários e mais de 20 fábricas espalhadas por países no mundo inteiro.

Veja também:

Curiosidades sobre a Embraer

Base deste teor

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *