Estudantes de arte japoneses fazem esculturas gigantes de palha de arroz

Todos os anos, os estudantes de arte japoneses se juntam e fazem animais gigantes de palha. Conheça o Wara Festival!

Anualmente, estudantes de arte do Japão se reúnem para construírem animais de palha de arroz gigantes para o chamado Wara Festival, um tradicional evento cultural do país. As obras são 100% artesanais e levantadas com palha seca que fica sobre uma armação.

Cada obra vagar até sete dias para permanecer pronta para ser exposta para o público. Trata-se de um lindo trabalho em equipe, que dá origem a gorilas, leões, crocodilos, rinocerontes e outros animais enormes e espetaculares.

Desde 2008, os estudantes da Universidade de Arte Musashino, localizada em Tóquio, viajam para Niigata City para fabricar as esculturas enormes para o Wara Art Festival. As esculturas de palha gigantes são construídas sobre grandes quadros de madeira, que servem de base para as obras.

Crocodilo de palha de arroz

Animal palha

rinoceronte

O festival também possui um mercado em miniatura e outros eventos culturais. O evento é um grande sucesso entre as crianças. Os visitantes conseguem interagir com as esculturas, tirando fotos e brincando nos campos abertos.

estudantes de arte trabalhando

O evento acontece depois do mês de outono, que é a era da colheita de arroz no Japão. Os agricultores guardam a palha do arroz, chamada de wara, para que os estudantes possam usá-las no festival de arte.

Estudante fazendo esculturas

O Wara Art Festival acontece sempre na província de Niigata e dá origem a obras surpreendentes e muito criativas, reutilizando as sobras de palha de arroz. A exposição dos animais gigantes ocorre no Uwasekigata Park e recebe o base do Recomendação de Turismo de Niigata e da Universidade de Arte Musashino.

Inferior você encontrará algumas fotos dos principais destaques do festival de 2017, que foi encerrado no dia 31 de outubro. Aliás, é provável conferir os trabalhos dos anos anteriores no Facebook e no site solene do evento.

Crédito das fotos: Wara Art/Facebook.

Base deste teor

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *