Existe realmente qualquer método eficiente para aumento de pênis?

O aumento peniano é um dos temas mais procurados por homens em sites de buscas na internet. Por isso mesmo, existem diversas páginas que exploram o tema de forma fraudulenta e perigosa, repassando informações falsas e que colocam em risco a saúde masculina.

É preciso ressaltar que existem alguns métodos que são empregados para o aumento do pênis, mas, de uma forma universal, são procedimentos sem comprovação científica ou que podem oferecer riscos aos pacientes. A recomendação mais apropriada para quem tem dúvidas ou deseja obter informações honestas e concretas sobre o tema é procurar um médico urologista.

Diversos estudos publicados em revistas científicas reforçam que a cirurgia para aumento do pênis não pode ser considerada totalmente segura, pois não existem pesquisas que apresentem as taxas de sucesso do procedimento. Isso significa que a ciência médica não possui informações suficientes para declarar que o método é efetivo ou seguro.

Outro roupa que precisa ser esclarecido é que muitos homens que procuram por esse tipo de procedimento, na verdade, estão dentro dos padrões normais para o tamanho do pênis, e não precisariam passar por um aumento do órgão. Isso mostra que, em muitos casos, a técnica é procurada por fatores estéticos e não de saúde, o que faz com que os pacientes tenham expectativas não realistas sobre o tratamento. Por isso, os profissionais de saúde recomendam comitiva psicológico para homens que apresentam baixa autoestima por culpa do tamanho do órgão sexual.

É extremamente importante que as pessoas não acreditem em tudo o que encontram na internet, pois as informações são, na maioria dos casos, sem fundamentos e mentirosas.

Atualmente, alguns procedimentos vêm sendo realizados em algumas regiões do mundo, com o intuito de espessar ou delongar o pênis, mas os resultados podem ser terríveis, causando, inclusive, deformações e inflamações no órgão.

Tratamentos que são realizados com a emprego de algumas substâncias, porquê o polimetilmetacrilato, causam diversos problemas, porquê dores, dificuldade de ereção e ardência. Apesar de existirem alguns procedimentos aprovados pela Dependência Vernáculo de Vigilância Sanitária, os médicos sérios não recomendam esse tipo de tratamento, pois o mesmo ainda carece de comprovação científica.

Em resumo, a Sociedade Brasileira de Urologia (SBU) não reconhece nenhum procedimento capaz de aumentar ou espessar o pênis e esses preenchimentos não são seguros. O tratamento é, inclusive, réprobo pela Associação Americana de Urologia.

Antes de tomar qualquer atitude, converse com um médico urologista. Somente um profissional poderá apresentar as informações adequadas e alertar o paciente sobre riscos e sobre a falta de comprovação científica desse tipo de tratamento na literatura médica.

Base deste teor

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *