Michelin e GM trabalham na produção de pneus sem ar para carros de passeio

A Michelin e a General Motors estão trabalhando de forma conjunta para testar um novo protótipo de pneus. Os chamados pneus sem ar contam com um sistema individual à prova de furos. Esta será a novidade geração de pneus para carros de passeio, com uma tecnologia inovadora.

O projeto da Michelin recebeu o nome de Uptis, que significa “Sistema Restrito de Pneus à Prova de Furos”. O resultado terá uma espaço muito maior e será sustentável.

Michelin e GM anunciaram um combinação de pesquisa, no qual as empresas pretendem validar o Uptis Prototype com o objetivo de introduzir o novo pneu no mercado de veículos de passeio já no ano de 2024. Os primeiros testes práticos devem ser realizados com os veículos do protótipo Chevrolet Bolt EV.

O Uptis é um pneu sem ar, que possui um conjunto de roda inovador, que elimina o risco de furos e rupturas do resultado. Assim, além de aumentar a segurança dos motoristas nas estradas, nascente pneu terá o melhor custo-benefício do mercado, mais eficiência e níveis de manutenção praticamente nulos.

Trata-se de um resultado que pode beneficiar toda a sociedade, fomentando a economia sustentável e a mobilidade virente, com uma extraordinária redução no uso de matérias-primas para a produção de pneus de reposição e de estepes.

Conheça detalhes do projeto Uptis da Michelin

O protótipo Uptis representa um grande progressão para a indústria automobilística. O projeto foi anunciado em 2017, fruto de um esforço de pesquisa e desenvolvimento em mobilidade sustentável transportado pela Michelin.

O concepção do novo pneu introduziu quatro pilares principais de inovação: é um resultado sem ar, com estrutura conectada, impresso em 3D e 100% sustentável, ou seja, feito com ​materiais totalmente renováveis.

pneu sem ar Michelin passando por pedras

A Michelin acredita que o Uptis é uma visão do horizonte da mobilidade sustentável. A GM se tornou uma parceira estratégica da Michelin para fazer com que nascente projeto se concretize. A expectativa é que o novo resultado elimine tapume de 200 milhões de pneus por ano da ergástulo mundial.

Os novos pneus têm vários benefícios em relação aos pneus radiais sem câmara. São produtos que substituem pneus e rodas nos veículos, usam menos matérias-primas, requerem menos vigor para sua produção, sofrem menos desgastes, não furam e são ecológicos. Eles serão usados nos testes do sege elétrico Chevrolet Bolt, em Michigan, nos Estados Unidos.

O Uptis é uma versão pronta para produção. A Michelin anunciou uma novidade fábrica de US$ 50 milhões em 2014 para produzir estes pneus sem ar. Atualmente, nascente tipo de pneu já está em testes em veículos agrícolas e utilitários.

O peso do Uptis é semelhante ao peso de um pneu padrão, tapume de 22,5 kg. Com o uso deste pneu, as montadoras de carros poderão remover o pneu sobressalente (estepe), o que pode simbolizar uma redução significativa de peso para os veículos.

Crédito das imagens: Michelin

Fontes: Michelin, Newatlas

Veja também:

Curiosidades sobre a Chevrolet

Quem inventou a roda?

Base deste teor

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *