O terremoto mais poderoso do século atinge o México

O México é um dos países do mundo que mais apresentam atividade sísmica, ou seja, essa pátria é uma das mais atingidas por terremotos devastadores. Isso acontece porque o México está localizado sobre três placas tectônicas: a placa Cocos, a placa Setentrião Americana e a placa do Pacífico.

Posicionado no chamado Círculo de Queimada do Pacífico, o México sofreu recentemente o terremoto mais poderoso do século e, unicamente duas semanas depois disso, o país voltou a tremer. Entenda o caso!

Terremoto do dia 19 de setembro de 2017

No dia 19 de setembro de 2017, o México sofreu um terremoto de 7,1 graus de magnitude. O tremor deixou mais de 200 mortos, mais de 40 prédios desabaram, 3,8 milhões de pessoas ficaram sem robustez elétrica e diversas áreas da capital do país, a Cidade do México, ficaram destruídas.

O poderoso terremoto foi registrado pelo Serviço Sismológico Vernáculo (SSN) a oeste de Chiautla de Tapia, região muito próxima à capital. Pelo menos 11 cidades registraram mortes.

O que poucas pessoas sabem é que um terremoto ainda mais poderoso já havia ocorrido na costa oeste do México no início de setembro, causando um tsunami e matando dezenas de pessoas. Nesta ocasião, pelo menos 100 pessoas perderam suas vidas.

Locais dos Terremotos no Mexico em Setembro 2017
Crédito da Foto: BBC

Terremoto do dia 7 de setembro de 2017

Segundo informações divulgadas pelo Daily Mail, no início do mês de setembro de 2017, a superfície de um terremoto na costa oeste do México foi tomada por luzes no firmamento. Os flashes coloridos foram vistos no firmamento noturno do país. Os vídeos divulgados mostram luzes brilhantes na região da Cidade do México.

Terremoto do dia 7 de setembro de 2017
Veja o vídeo

O fenômeno foi registrado no dia 7 de setembro e afetou diversos estados mexicanos. Esse foi o pior sismo da história do país desde o ano de 1932, quando um terrível terremoto destruiu a capital mexicana e deixou mais de 10 milénio mortos.

Nesse terremoto do início de setembro, que foi considerado um dos mais fortes dos últimos século anos, os tremores chegaram à magnitude de 8,2 na graduação Richter. Durante o fenômeno, os edifícios balançaram de uma forma assustadora. As áreas mais atingidas foram os estados de Tabasco, Oaxaca e Chiapas.

De convenção com o Núcleo de Alerta de Tsunami do Pacífico, ondas altamente perigosas estão chegando à costa do México e, possivelmente, a outros países vizinhos. O aviso de alerta se estendeu pela América Medial, chegando a El Salvador, Nicarágua, Guatemala, Panamá, Honduras, Costa Rica e Equador.

Base deste teor

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *