Origem do Carnaval

O carnaval é a maior e mais adorada sarau popular brasileira. Sabido no mundo inteiro por seus desfiles em São Paulo e Rio de Janeiro e pelos blocos e trios elétricos no nordeste, o carnaval é realmente uma unanimidade entre os brasileiros. O que muita gente não sabe é que a história do carnaval é longa e enxurrada de curiosidades.

O carnaval é uma sarau que traz características e heranças de celebrações muito antigas, festas e ritos realizados na Antiguidade por egípcios, hebreus, gregos e romanos. O carnaval da antiguidade era marcado por festejos pagãos, usados para comemorar colheitas e apaixonar a diversos deuses.

Acredita-se que as raízes do Carnaval moderno estejam relacionadas às celebrações saturnais, que aconteciam em Roma para exaltar Saturno, considerado o deus da lavra. Essa sarau já contava com homens e mulheres nus, que desfilavam em carros chamados “carrum navalis”, que tinham o formato de navios. A origem da vocábulo carnaval também pode estar relacionada a esta comemoração.

Idade Média

Na Idade Média, muitas das antigas festividades pagãs passaram a fazer segmento da Igreja Católica. A partir daí, o carnaval começou a ter uma relação muito próxima com a religião e com os cristãos.

No Brasil, o carnaval ainda é uma sarau popular marcada pela mistura de etnias e crenças. Apesar de ser uma celebração consagrada no país, agora sabemos que o carnaval não é uma sarau criada no Brasil. Porém, o evento já se tornou patrimônio cultura vernáculo.

A vocábulo carnaval vem do latim carnis levale, que significa “retirar a mesocarpo”. Dentro do catolicismo, a vocábulo tem relação com o jejum realizado na quaresma, quando os católicos deixam de manducar mesocarpo.

Sejam quais forem as origens reais da sarau, o importante mesmo é que no Brasil o carnaval é um momento devotado à alegria e diversão.

Base deste teor

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *