Poderia a Estrutura de Richat ser Atlântida?

A Estrutura de Richat, também conhecida porquê o “Olho da África”, é uma estrutura com formato rodear, que fica na região da Mauritânia, nas proximidades do deserto do Saara.

Essa estrutura tem aproximadamente 48 km de diâmetro e foi encontrada em 1965, durante uma missão norte-americana. Estudos geológicos afirmam que a Estrutura de Richat surgiu a partir de uma erupção vulcânica que teria ocorrido há mais de 100 milhões de anos.

Essa formação só pode ser vista a partir do espaço e vem atraindo a atenção mundial há anos. Agora, teorias da conspiração afirmam que a Estrutura de Richat poderia ser, na verdade, Atlântida.

A estrutura pode ser vista no Google Maps e tem um paisagem bastante característico. A formação pode ser encontrada nas coordenadas 21.003547, -11.240679.

A asseveração de que a Estrutura de Richat pode ser a cidade perdida de Atlântida, que está escondida há séculos, partiu de teóricos da conspiração. Os estudiosos estão certos de que imagens de satélite podem confirmar a localização de Atlântida em uma secção do Deserto do Saara que cobre a região da Mauritânia.

Veja no planta

A cidade perdida de Atlântida é uma ilhéu mítica mencionada no trabalho do idoso filósofo heleno Platão, em 350 a.C. Muitos acreditam que a cidade de Atlântida desapareceu misteriosamente.

Atlântida descrita por Platão
Crédito da imagem: Wikimedia

A teoria mais popular explicando o desaparecimento de Atlântida diz que a ilhéu está no fundo do Oceano Atlântico ou do Mediterrâneo. De convenção com Platão, a cidade de Atlântida desapareceu completamente “em um único dia e noite de desgraça”.

Apesar de existirem evidências que apontam que Atlântida é unicamente uma obra de ficção, vários teóricos da conspiração têm tentado encontrá-la há décadas no fundo do mar. Uma novidade teoria baseada em imagens de satélite do setentrião da África sugere que Atlântida poderia ter pretérito milhares de anos em campo acessível.

Descrição detalhada de Atlântida

A suposta localização da cidade perdida seria o núcleo de Mauritânia, perto da cidade de Ouadane, em uma estrutura conhecida porquê o Olho do Saara. Os estudiosos do tema estão se esforçando para tentar provar a localização de Atlântida na região onde está a Estrutura de Richat.

A formação tem incríveis círculos concêntricos escavados em rocha, é bastante incomum e amplamente considerada pelos geólogos porquê uma estrutura oriundo causada pela chamada invasão lacolítica. Vale expor que um lacólito é uma folha de material rochoso injetada entre duas camadas de rochas sedimentares, o que justificação uma deformação do solo ao volta. A teoria foi, no entanto, recebida com ceticismo pela comunidade online.

Fontes: Express, Wikipedia

Base deste teor

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *