Por que temos ranço de certas pessoas?

A pergunta é simples: você já pegou ranço de alguém? Tenho quase certeza que sim. A ódio e a simpatia provêm de uma habilidade que desenvolvemos desde muito cedo na puerícia, a empatia.

A empatia se desenvolve quando identificamos os sentimentos das outras pessoas, nos colocamos no lugar delas e imaginamos o que elas estão passando em termos emocionais.

Nossa resposta a essa habilidade de empatia que desenvolvemos quando rapaz poderá ser simpática ou antipática.

Quando essa habilidade se torna empática, desgostamos do que vimos nos sentimentos da outra pessoa e rejeitamos. E é isso o que chamamos hoje em dia de ranço.

O que é a gíria ranço?

Ranço é uma gíria usada para descrever um sentimento de desprezo, repúdio ou raiva que desenvolvemos por um tanto ou alguém.

No Brasil, essa gíria é muito usada em algumas regiões e o termo passou a ser muito popular nas mídias socias graças a imagens, gifs e vídeos.

eu tenho ranço de alguém, meme

Quando alguém diz que “pegou ranço” significa que está entediada ou cansada de alguma situação, coisa ou de uma pessoa em específico. A gíria pode ser interpretada uma vez que sinônimo de repulsa ou mesmo nojo.

A gíria ranço também é usada pra descrever o vista, sabor e cheiro repugnante de alguma coisa ou objeto.

Porquê a ciência explica o ranço

Os relacionamentos interpessoais assumem diferentes formas, uma vez que laços familiares, amizades, relacionamentos românticos e relações profissionais, mas também relações antipáticas e relacionamentos de ódio. 

Virando os olhos, ranço

Alguns pesquisadores começaram a observar as redes de ódio dos adolescentes e a estudar até que ponto essa relação negativa influencia os comportamentos e atitudes dos adolescentes.

Nesta pesquisa, eles utilizaram a estudo de redes sociais para prezar a influência da amizade e da ódio entre adolescentes calculando a intervalo na estrutura da rede social e comparando os efeitos da intervalo dessas duas forças opostas na sua similaridade de atitude.

Os resultados preliminares mostram que os amigos não têm necessariamente atitudes semelhantes em relação a qualquer dimensão da experiência de vida, mas redes fortes de amizades fornecem pedestal significativo para a firmeza emocional dos adolescentes, enquanto as redes de ódio aumentam a tensão e o conflito entre os pares por pretexto de suas atitudes semelhantes ao potente tino de ego. 

Oriente resultado implica que a similaridade dos amigos não é tão significativa quanto os estudos mostraram de forma esmagadora em pesquisas passadas.
A similaridade de amigos e inimigos poderia estar associada às redes de amizade e ódio exclusivamente pela compreensão do contexto da interação.

Outros pesquisadores apontam alguns fatores que são considerados os motivos que levem o sujeito a sentir simpatia ou ódio por alguém ou alguma coisa.

Esses pesquisadores consideraram que a aspecto física (venustidade, feiura, limpeza), as características da personalidade (tímido, sociável, extrovertido), o estado de humor e o estado de saúde são fortes fatores que fazem as pessoas sentirem ranço das outras.

Veja também:

O que é meme?

Quais os malefícios do ódio?

Base deste teor

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *