Quanto tempo duram os implantes nos seios?

Saiba por quantos anos uma mulher pode permanecer com o mesmo implante de silicone!

Colocar próteses de silicone é o sonho de muitas mulheres, mas será que todas as que já possuem o implante sabem quantos anos é provável permanecer com as mesmas próteses com segurança para a saúde?

A cirurgia para o aumento das mamas é a mais realizada pelas brasileiras no campo das plásticas estéticas. Confira neste texto todas as informações importantes sobre o tema!

Quanto tempo as próteses implantadas de silicone duram?

Proteses de silicone

As próteses de silicone são seguras para as mulheres, mas é importante manter uma rotina preventiva de cuidados de saúde. Isso porque as próteses podem tolerar desgastes com o tempo, principalmente por culpa das alterações naturais do organização, porquê lucro ou perda de peso, por exemplo. A orientação e a consulta periódica com mastologistas pode indicar quando chega a hora de trocar a prótese por conta de rigidez do material.

Formatos de proteses de silicone

A vida útil do silicone depende diretamente do organização de cada mulher e, por isso, pode variar. Atualmente, muitos fabricantes fornecem silicones com suposta duração vitalícia, mas, mesmo assim, é importante fazer o séquito com o médico.

A principal indicação para mulheres que possuem próteses nos seios é fazer ultrassom das mamas anualmente, até os 30 anos de idade; e fiscalização de mamografia todos os anos, depois de completar 40. Em casos específicos, o médico também pode solicitar o fiscalização de sonância magnética.

De uma maneira universal, em boas condições de saúde e com o correto séquito preventivo, uma mulher pode permanecer com próteses mais modernas por até 20 anos, já as próteses antigas (fabricadas na dezena de 90) duravam, no supremo, 10 anos. Mulheres que ficam grávidas depois de colocar silicone podem, inclusive, passar pela mastopexia, que visa encomiar as mamas novamente.

Veja também:
Por que os homens amam seios?

Mitos sobre Amamentação

Caso ocorra qualquer tipo de dor, incômodo nas mamas, endurecimento dos seios, assimetrias entre as mamas, coceiras ou cistos, a mulher deve procurar um médico imediatamente para averiguar se as próteses estão em bom estado e com a validade em dia. Uma prótese com problemas pode trazer riscos à saúde da paciente, levando até mesmo a ruptura do material. A dica de ouro é: não espere o problema desabrochar para depois procurar o profissional. Faça consultas preventivas!

Somente o médico responsável poderá indicar a troca da prótese, principalmente em casos em que ele perceba que há risco de vazamentos. Vale ressaltar que próteses que vazam podem ocasionar inflamação no tecido mamário.

Desejo de seios maiores

Fique atenta a todos os sinais do seu organização e não seja negligente com o séquito médico obrigatório. Cuide da sua saúde e lembre-se que nenhuma prótese de silicone vai perseverar para sempre, por mais qualificada e moderna que ela seja!

Base deste teor

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *