2021 já tem mais mortes por covid-19 do que todo o ano de 2020

Em junho de 2021, olhando para trás podemos pontuar alguns erros cometidos até cá. Um dos maiores erros da humanidade, de forma universal, foi ter duvidas sobre o potencial catastrófico da doença. A pandemia, que foi anunciada por vários especialistas, realmente se revelou mortífero, porquê era anunciado. O problema é que muitos governantes duvidaram, o que tornou lenta a resposta a pandemia.

Essa não é uma particularidade brasileira, muitos outros países adotaram medidas pouco efetivas. Na Suécia, por exemplo, considerado um país de primeiro mundo, não foram impostas medidas de distanciamento social e o saldo de mortes impressiona. O histórico da evolução da pandemia vai ser continuamente estudada, sem dúvidas.

Agora, o que fica simples é que leste ano já é pior em termos de mortes do que o ano pretérito. Mais pessoas morreram de COVID-19 já leste ano – menos de 6 meses em – do que em 2020. Embora muitos países pareçam estar se recuperando e a distribuição da vacina esteja muito encaminhada em algumas partes do mundo, leste roupa é um lembrete severo de que a pandemia global está longe de terminar.

Houve 1,88 milhão de mortes de COVID-19 relatadas em 2020. De pacto com dados da Universidade Johns Hopkins analisados pelo The Wall Street Journal, o número totalidade de mortes de COVID-19 em 2021 ultrapassou leste marco na quinta-feira, 10 de junho. No último dia 11 de junho, o número de mortes de COVID-19 foi de 3.775.180.

Partes da América do Setentrião e da Europa viram um aumento surpreendente de casos no início de 2021 devido a novas variantes. Embora muitos desses países estejam agora começando a ver o declínio das mortes, em secção graças ao seu programa de vacinas, a pandemia continuou a se espalhar em partes da Ásia e da América Latina.

O número de mortes global sofreu um possante impacto do avanço da pandemia na Índia. O país asiático assiste o totalidade descontrole da pandemia, com o surto de novas variantes. No totalidade, a Índia relatou 29.274.823 casos e 363.079 mortes, exclusivamente no ano de 2021. No auge da crise na Índia, os hospitais estavam ficando sem leitos e desesperados por oxigênio. Piras funerárias em tamanho foram montadas para cremar o fluxo de vítimas, enquanto centenas de cadáveres foram encontrados flutuando no rio ou enterrados na areia das margens do Ganges, o rio mais sagrado da Índia.

Grande secção dessa vaga desastrosa na Índia está sendo impulsionada pela versão Delta, identificada pela primeira vez na Índia, que foi estimada porquê 60% mais transmissível do que outras variantes e mais resistente às vacinas. Vale expor que a OMS passou a nomear as variantes segundo o alfabeto heleno. Assim, a versão indiana se tornou delta. Da mesma forma, a versão brasileira se torna Gamma e assim por diante.

Argentina, Brasil, Colômbia e vários outros países sul-americanos ainda sofrem de um número altíssimo de casos. Isso também pode ser parcialmente explicado por uma versão problemática (neste caso, a versão Gama, identificada pela primeira vez no Brasil). O Uruguai é o caso mais surpreendente. O país vacina em ritmo mais veloz na América do Sul, mas tem também o maior número de mortes proporcional.

O post 2021 já tem mais mortes por covid-19 do que todo o ano de 2020 apareceu primeiro em Site de Curiosidades.

Base deste teor

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *