5 mitos sobre intolerância e alergias alimentares

Quando pensamos em alergias alimentares ou intolerância nutrir, geralmente, temos uma série de ideias na cabeça. É verdade que muito desse siso geral é revérbero da veras, mas nem tudo. Existem muitas ideias que se popularizaram ao longo dos anos, mas que não necessariamente são reais. Você saberia identificar esses mitos?

1. Sentir sintomas após ingerir qualquer comida é sinal de alergia

Essa é uma teoria muito popular e que acaba sendo perpetuada através das gerações. Muitas mães eliminam determinados vitualhas da dieta dos filhos unicamente por terem observado, em qualquer momento, qualquer tipo de sintoma. O mesmo acontece de forma independente também, causando alguns hábitos alimentares.

No entanto, é possível expressar que todo sintoma após a refeição é sinal de alergia a alguma coisa? Não. A verdade é que muitas coisas podem te levar a passar mal e ter sintomas variados após qualquer refeição. Não é sempre que a resposta vai ser alergia.

2. Eu mesmo posso diagnosticar minhas alergias

Agora que sabemos que muitas condições podem gerar mal-estar após as refeições, a resposta se torna simples. Não é possível diagnosticar a si mesmo ou fazer um teste na internet. Para realmente saber se você tem alergias alimentares, ou intolerância a qualquer comida, é preciso procurar um médico.

Hoje a medicina possui uma série de testes capazes de chegar a essas respostas de forma muito eficiente e realmente tirar a dúvida. Com alguns testes, você pode deslindar com transparência quais os tipos de vitualhas você tem alguma sensibilidade e, dessa forma, traçar um método de tratamento adequado.

Outro erro que você não deve cometer é tentar interpretar os exames sozinho. Se qualquer médico pediu os testes, ligeiro os resultados para uma revisão. Apesar da ciência ter progredido bastante, muitas coisas ainda dependem da interpretação profissional de um médico, porque nem tudo é tão simples.

3. Meu eczema me obriga a evitar muitos vitualhas

Eczema é uma espécie de inflamação na pele que pode se manifestar de forma crônica e aguda, gerando muitos transtornos. Se você pesquisar pelo tema na internet agora, é possível que encontre uma lista enorme de vitualhas que supostamente causam prejuízo ao tratamento. No entanto, não é muito assim.

A medicina trata do eczema a partir do controle das crises, o que pode variar na forma de tratamento de um caso ao outro. No entanto, mais uma vez é uma situação que depende de avaliação médica. Talvez seja necessário evitar qualquer comida, ou grupo nutrir, mas é preciso fazer esse tipo de incisão com auxílio médico.

4. Os alertas de alergia nos rótulos de produtos são para benefício da operário

Muitas pessoas olham com bastante ceticismo aos alertas de alergênicos nos rótulos dos produtos. Há quem acredite que esses são unicamente um meio de proteção para os fabricantes, mas não é por aí. A informação no rótulo é um oferecido que foi conquistado recentemente e visa proteger quem sofre de alguma alergia. É importante estar discreto.

5. Basta evitar os vitualhas que causam a alergia

Muitas pessoas acreditam que basta trinchar o consumo do comida que desculpa a alergia. No entanto, esse é unicamente um dos riscos. O tratamento de alergias alimentares geralmente envolve um conjunto de ações, que partem da preservação dos gatilhos, mas segue em outras direções. Estar em contato com seu médico é fundamental.

O post 5 mitos sobre intolerância e alergias alimentares apareceu primeiro em Site de Curiosidades.

Base deste teor

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *