Uma vez que peixinhos dourados de aquário tem se tornado uma ameaço nos EUA

A natureza é o que podemos invocar de “engrenagem” perfeita, porque todas as coisas ocupam um lugar estratégico e possuem um lugar correto. Por exemplo, você não vai encontrar leões no Brasil, ou pandas na África. Essa é uma informação relativamente de espaçoso conhecimento, manifesto? Bom, nem tanto.

As pessoas infelizmente parecem perceber essa regra unicamente quando o objecto são animais imensos, ou coisas obvias. Uma vez que, por exemplo, todo mundo sabe que não se encontram tubarões brancos em águas de rio, manifesto? Mas você sabe aonde eles vivem? Você sabe qual papel eles desempenham?

A verdade é que a maioria de nós não faz a menor teoria de qual o papel de cada bicho no meio envolvente e isso não seria um problema por si só. O problema é que a ignorância leva as pessoas a cometerem erros que podem desregular todo um bioma, ou seja, todo um sistema. É exatamente isso que tem sucedido nos Estados Unidos.

Remorso

O que você faz quando adota um animalzinho de estimação e depois acaba desistindo, ou mudando de teoria? Infelizmente, esse tipo de coisa acontece e nem todo mundo tem desvelo na hora de determinar o que fazer. Os problemas são muitos e afetam todo tipo de bicho de estimação. Quantos cães e gatos você já viu vivendo nas ruas, por exemplo? Acontece que nem todos foram simplesmente abandonados, a maioria é unicamente consequência disso, tendo sido gerados por animais abandonados.

O problema, no término das contas, é a superpopulação. Existem bairros no Brasil onde a população de cães e gatos chega a assustar. E o problema nunca termina porque quanto mais cães existem, mais cães se reproduzem – o mesmo vale para os gatos. Mas e quando o problema são peixes?

A cidade de Burnsville, Estado de Minnesota, precisou exprimir um enviado solene para que a população pare de descartar peixes de aquário nas águas públicas – contando lagos e lagoas. O motivo? Mormente no caso de peixinhos dourados, os animais estão arriscando todo o sistema pluvial da região.

Peixe gigante e invasor

Os “peixinhos dourados” são, na verdade, uma variação da carpa selvagem asiática. Eles não eram animais de estimação, mas foram domesticados. O problema é que essa domesticação é frágil porque os animais precisam ser mantidos em aquários, do contrário se tornam realmente ameaçadores.

A maioria das pessoas acredita que não faz mal soltar o bicho na água, já que pior seria mata-lo. Acontece que o melhor é dar seu aquário para qualquer companheiro disposto, já que esses animais se tornam predadores quando soltos em águas naturais. Para se ter teoria, existem registros de peixinhos dourados pesando 2,2kg, no Reino Uno.

O problema enfrentado pelos EUA não é inédito, anteriormente países uma vez que Inglaterra e Alemanha já precisaram agir para moderar o mesmo problema. Os “peixinhos-dourados” crescem, se reproduzem rapidamente e dominam as espécies locais. Eles se tornam poderosos, pesados e se locomovem em cardumes que desenterram vegetação nativas e movimentam os sentimentos do fundo dos rios, lagos e lagoas, gerando um desequilízelo perigoso.

O post Uma vez que peixinhos dourados de aquário tem se tornado uma ameaça nos EUA apareceu primeiro em Site de Curiosidades.

Base deste teor

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *