Conheça a teoria das três espécies de humanos

Escritos bíblicos e teorias da conspiração apontam que podem ter existido três tipos de humanos no mundo: os homens de estatura geral, os anões e os gigantes. Um exemplo é o texto bíblico que apresenta porquê o pequeno Davi derrotou Golias e se tornou o segundo régio hebreu. Essa história teria sido recentemente reforçada pela invenção de um vaso de barro contendo as inscrições filistinas mais antigas encontradas até o momento.

O objeto, que foi descoberto em Israel, no início de Novembro de 2005, por arqueólogos da Universidade de Tell es-Safi, contém inscrições com nomes não-semitas, que, segundo o professor Aaron Demsky, são semelhantes às letras arcaicas de Golias. De entendimento com os estudos realizados, esse objeto é fidedigno, já que foi fabricado unicamente centena anos depois de Davi.


Davi e Golias

O descoberto sustenta teorias apresentadas por comunidades antropológicas e arqueológicas, que postulam a simultaneidade de três raças humanas de diferentes tamanhos na Antiguidade: os gigantes, os humanos e os anões.

Humano Gigante

Ser Humano Esqueleto e Estatura

anao antiguidade, hobbit

Confira algumas descobertas arqueológicas que comprovariam a simultaneidade de homens, anões e gigantes no pretérito!

O “hobbit” da Indonésia

Cranios do hobbit e do Humano moderno
Homo floresiensis skull (o “Hobbit”, à esquerda) e um moderno crânio humano (à direita). Crédito da Imagem: Professor Peter Brown, Universidade da Novidade Inglaterra

O hobbit da Indonésia
Rosto do hobbit da Indonésia, a partir do fóssil encontrado – Crédito da Imagem: Kinez Riza, Associated Press – Sfgate.com

Uma das raças de homens existentes na antiguidade teria sido um tipo de hobbit, um ser com uma profundidade média de um metro. Em 2004, um grupo de pesquisadores descobriu, na Indonésia, ossos de pequenos seres humanos que viveram 12.000 anos detrás. Os ossos foram descobertos no interno de florestas indonésias.

Humanos e os hobbit, O Senhor dos Anéis

Gigantes em todo o planeta

Gigante de Java, Mystery Park em Interlaken - Suíça
Gigante de Java, Mystery Park em Interlaken – Suíça

Vários casos de gigantes já foram relatados pelo mundo. Talvez o caso mais popular seja o do Java Giant, que data de tapume de 300.000 anos. No sul da China foram encontrados sobras de um sujeito semelhante, com seis dedos em cada membro. Esta particularidade da polidactilia (número irregular de dedos nas extremidades) parece ter sido um padrão habitual nesta espécie de gigante.

Cardiff Giant Fossilizado
Gigante irlandês fossilizado. Encontrado em um repositório ferroviário de Londres. Foi destaque na edição de dezembro de 1895 da Strand Magazine. Media 3 metros e 71 centímetros, pesava 2 toneladas e tinha 6 dedos no pé recta. Crédito da Imagem: Wikipedia.

Outros casos já divulgados mostram a verosímil existência de gigantes que tinham entre 2,80 e 3 metros de profundidade e também seis dedos em mãos e pés. Os registros arqueológicos foram encontrados na Tunísia, nos Estados Unidos e na Espanha. Segundo documentos diferentes, o maior gigante encontrado até agora tinha um esqueleto de 5,18 metros de profundidade e foi desenterrado em 1956, em Gargayan, nas Filipinas.

Monumentos megalíticos

Monumento de Gigante

Além de ferramentas e ossos gigantes, outras evidências também foram encontradas para substanciar a tese de que existiram três raças de seres humanos na antiguidade. Alguns monumentos megalíticos estão entre essas provas e já foram encontrados em todos os continentes da Terreno, porquê as pirâmides do Egito, o Stonehenge e o Moai da Ilhota de Páscoa. Estes monumentos foram feitos com pedras enormes, extremamente difíceis de movimentar e que poderiam ter sido manuseadas por gigantes.

Monumento Megalítico Stonehenge
Stonehenge

Moai da Ilha de Páscoa
Moai da Ilhota de Páscoa

Ao que tudo indica, a história parece ter provado repetidamente que os mitos populares contêm uma certa ração de verdade. A teoria diz que entre as três espécies humanas que já existiram, os homens foram os que se adaptaram melhor ao envolvente terrestre.

Os teóricos dizem que para os anões, as distâncias eram muito grandes, e para os gigantes, os recursos e as distâncias eram muito curtos. Portanto, no período de 50.000 anos, ambas as espécies começaram a se tornar extintas.

Em resumo, as lendas dos anões e gigantes narradas no folclore de praticamente todos os grupos étnicos do mundo mostram provas fortes de sua existência, mas até que ponto essas evidências são concretas? Ainda é difícil proferir!

Nascente: Ancient Origins.

Leia também:

Nefilins

O mistério das pegadas gigantes no Templo de Ain Dara

O ser humano existe na Terreno desde quando?

Base deste teor

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *