Reutilizar garrafas plásticas realmente faz mal a saúde?

Quem nunca reutilizou uma garrafa pet que atire a primeira pedra! Geralmente, esse material acaba voltando para a geladeira, depois de lavado, para o armazenamento de água.

De forma universal, se trata de um hábito geral não só no Brasil, mas em todo mundo. Onde existe garrafa pet, existe disposição para reutiliza-la. Mas junto a isso, existe também a noção de que essa prática não faz muito para a saúde.

No entanto, você saberia responder quais são realmente os riscos que a garrafa pet reutilizada pode provocar? Na prática, poucas são as pessoas que sabem a resposta para essa pergunta. E é aí que reside o problema.

O QUE A CIÊNCIA DIZ?

Diretamente, é difícil responder. Cada estudo sugere uma informação novidade e isso acaba criando uma situação onde não há consenso. No entanto, é claro que a reutilização de plástico gera riscos, só não se concorda inteiramente sobre que riscos são esses.

Enquanto o material plástico é, por si só, um problema à segmento; cientistas destacam que o manuseio incorreto das garrafas contamina o líquido que você pretende armazenar. Ou seja, se o plástico por si só não libera químicos, você provavelmente guarda bactérias junto com a água quando enche a garrafa de novo.

Para entender melhor a situação, aquém segue uma lista de perguntas e respostas.

DO QUE É FEITA A GARRAFA PET?

Em universal, as garrafas são feitas de tereftalato de polietileno. Esse é um plástico liberado porquê seguro para contato com víveres e bebidas, com certificação em muitas partes do mundo.

REUSAR A GARRAFA PLÁSTICA PODE TE DAR CÂNCER?

Muitos artigos online afirmam que a reutilização de garrafas de água pode levar ao câncer devido à liberação de certos produtos químicos do plástico. Um resultado químico que preocupa muitas pessoas é o BPA, o bisfenol A. O BPA pode perturbar o sistema endócrino, podendo provocar problemas relacionados à reprodução e ao metabolismo.

O BPA não é usado para fazer garrafas PET, mas pode ser encontrado em outros plásticos mais rígidos, porquê o policarbonato.

É SEGURO DEIXAR MINHA GARRAFA PLÁSTICA NO SOL?

Sim, mas com ressalvas. A garrafa pet suporta altas temperaturas sem passar por processos de alteração química que possam ser prejudiciais a saúde, até um limite.  Se expostas a temperaturas superiores a 60ºC, as garrafas PET podem trazer um grande muito problema.

E O QUE DIZER DOS MICROPLÁSTICOS?

Microplásticos são pequenos pedaços de plástico. Eles são encontrados em quase todos os lugares, inclusive em nossa água potável. Na verdade, um estudo descobriu que 93 por cento das garrafas de água de plástico recém-abertas continham alguma contaminação microplástica.

A OMS investigou os perigos potenciais dos microplásticos, mas com base nos dados atuais, concluiu que eles não representam uma ameaça significativa à saúde humana.

Curiosamente, o Dr. Umar Abdulmutalib, da Universidade de Surrey, diz: “As garrafas de plástico recém-lançadas podem conter mais microplásticos em comparação com as usadas”.

O Dr. Marek Cuhra, do Instituto de Pesquisa Marinha da Noruega, também acha que “beber água de uma garrafa usada e lavada deve ser mais seguro do que uma garrafa nova”. Seu grupo descobriu que as pulgas d’água cresciam e se reproduziam melhor em tubos de plástico lavados com água morna do que em recipientes de plástico novos.

 

O post Reutilizar garrafas plásticas realmente faz mal a saúde? apareceu primeiro em Site de Curiosidades.

Base deste teor

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *